PF prende 24 por fraude e operações ilegais de câmbio

A Polícia Federal prendeu hoje 24 acusados de integrar uma organização criminosa que efetuava operações cambiais ilegais e movimentações por meio de laranjas, ocultava bens e rendas e simulava operações com o uso de documentos falsos e fraudes em licitações. Quatro suspeitos foram detidos em São Paulo e os demais, em Santa Catarina. Entre eles há empresários, um auditor da Receita Federal e um policial federal aposentado.

Agência Estado |

Além disso, estão sendo cumpridos 45 mandados de busca e apreensão em Santa Catarina e 9 em São Paulo. A operação, intitulada Influenza, é realizada por 252 agentes da PF e 33 auditores da Receita Federal. O grupo possuiria ramificações nas cidades catarinenses de Itajaí, Balneário Camboriú, Blumenau, São Francisco do Sul, Florianópolis e nos Estados do Paraná, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Bahia. No exterior, eles atuariam em países como Argentina, Holanda, Reino Unido, Malta, Itália, Noruega, Bermudas, França, Cingapura.

    Leia tudo sobre: pf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG