PF prende 23 pessoas suspeitas de fraudar importações

Até o início da tarde, a PF apreendeu US$ 1 milhão; entre os detidos há ao menos cinco fiscais da Receita Federal

iG São Paulo |

A Polícia Federal prendeu ao menos 23 pessoas nesta terça-feira durante a Operação Trem Fantasma que combate fraudes na importação de mercadorias. Até o início da tarde, a PF apreendeu US$ 1 milhão. As prisões ocorreram em São Paulo e Pernambuco e entre os detidos há ao menos cinco fiscais da Receita Federal.

Com o apoio de órgão da embaixada americana no Brasil, a PF e a Receita iniciaram a operação com o objetivo de cumprir 29 mandados de prisão preventiva e 44 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco.

As investigações começaram há cerca de um ano quando se detectou uma organização criminosa transacional especializada em desviar mercadorias que chegavam ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos.

Segundo a PF, a quadrilha era composta por empresários, despachantes aduaneiros, empregados de companhias aéreas e servidores públicos, que através de importações irregulares traziam mercadorias importadas, como equipamentos eletrônicos, de informática e hospitalares principalmente dos Estados Unidos e da China.

De acordo com as investigações, estima-se que cerca de 80 toneladas de mercadorias irregulares chegaram ao País, o que causou prejuízo de R$ 50 milhões. Parte da operação também ocorre nos Estados Unidos, onde autoridades americanas realizam buscas em armazém de empresa que enviava produtos para o grupo criminoso no Brasil.

Os presos devem responder pelos crimes de contrabando e descaminho, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.


    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG