Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

PF prende 2 por tráfico internacional de mulheres no RN

Um empresário italiano de 30 anos e um potiguar de 28 foram presos em Natal (RN) ontem, durante a Operação Ferrari, cujo objetivo era combater o tráfico internacional de mulheres para fins de exploração sexual na Europa. De acordo com a PF, além das prisões, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em uma residência e um quarto de hotel em Natal.

Agência Estado |

Nesses locais foram apreendidas dezenas de carteiras de trabalho, máquinas fotográficas, aparelhos eletrônicos e diversos outros documentos que indicavam a prática criminosa.

Segundo as investigações, a dupla arregimentou mulheres com idades entre 20 e 30 anos no Rio Grande do Norte, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo, para trabalharem em uma casa noturna na Itália. O suposto contrato de trabalho era de seis meses, com possibilidade de renovação por igual período. Cada mulher era obrigada a pagar cinco euros, por dia de trabalho, ao aliciador brasileiro e um valor maior ao empresário italiano.

As investigações tiveram início há oito meses e constataram que desde 2007 mulheres eram exploradas e mantidas em ambiente que favorecia a prostituição, além de não terem liberdade e não poderem retornar ao Brasil.

Os acusados estão sendo interrogados e as mulheres, após formalmente identificadas, serão chamadas a prestar esclarecimentos.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG