PF prende 13 acusados de crimes ambientais em SC

Treze pessoas foram presas hoje acusadas de prática de crimes contra o meio ambiente, contra a Administração Pública e contra a lei de parcelamento do solo urbano nas cidades catarinenses de Biguaçu, Tijucas, Paulo Lopes e Florianópolis e na cidade de São Paulo. A ação faz parte da Operação Dríade, da Polícia Federal, que tem como objetivo de desarticular organizações criminosas atuantes no município de Biguaçu, especializadas na prática de crimes contra o meio ambiente.

Agência Estado |

Tais crimes têm sido praticados por empresários em conluio com servidores públicos municipais e estaduais, inclusive aqueles com atribuições para licenciar e fiscalizar as atividades. A investigação levanta a suspeita de que servidores da Fundação do Meio Ambiente (FATMA) estariam emitindo licenças ambientais irregulares. As áreas territoriais afetadas, segundo a PF, são terrenos de Marinha ou situam-se nas proximidades de Unidades de Conservação Federal.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG