PF prende 11 por venda de medicamento falsificado

Onze pessoas foram presas e 3.524 caixas de medicamentos que seriam vendidas pela internet foram apreendidas hoje durante a Operação Virtuapharma, deflagrada pela Polícia Federal.

Agência Estado |

As drogas eram falsificadas, sem registro da Agência da Vigilância Sanitária (Anvisa) ou contrabandeadas. De acordo com o delegado da Polícia Federal Miguel Sobral, entre os remédios recolhidos, havia anabolizantes, calmantes, abortivos e indicados para o tratamento de disfunção erétil. "Os lotes apreendidos representavam um sério risco para a saúde das pessoas: estavam contaminados por bactérias, apresentavam concentrações maiores ou menores do que o indicado, estavam guardadas em locais inadequados", contou.

A operação é fruto de uma investigação que começou a ser feita há 6 meses, quando a Polícia Federal e Anvisa receberam denúncias sobre sites na internet que vendiam medicamentos de forma irregular. Ao todo, 40 endereços foram investigados. Hoje policiais cumpriram 36 mandados de busca e apreensão. A ação policial foi feita no Distrito Federal e em 5 Estados: Santa Catarina, Ceará, Paraná, São Paulo e Rio Grande do Sul.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG