PF prende 10 por suspeita de fraude na Caixa Econômica Federal

RECIFE ¿ A Polícia Federal realizou, nesta quinta-feira, a Operação ¿Espelho¿ contra fraudes nos cartões bancários de clientes da Caixa Econômica Federal. A PF prendeu 10 pessoas nos Estados da Bahia, Rio de Janeiro e Pernambuco, além de no Distrito Federal, suspeitas de terem participação na fraude. Foram cumpridos também oito mandados de busca e apreensão.

Redação |

Conforme informações da PF, a quadrilha utilizava um dispositivo eletrônico conhecido como chupa-cabra para capturar os dados bancários contidos nas tarjas magnéticas dos cartões de correntistas da Caixa Econômica Federal.

Para a PF, a preferência dos fraudadores pelas contas bancárias da CEF deve-se em razão do convênio existente entre a instituição e as casas lotéricas. Com isso, os clientes podem efetuar saques e pagamentos nas lotéricas mediante apenas a digitação de senha pessoal e combinação da data de nascimento.

A polícia informa que a quadrilha já é investigada desde 2007 em Pernambuco, onde há pelo menos 20 inquéritos policiais sobre o caso.

De acordo com o Código Penal Brasileiro, se condenados, os suspeitos podem pegar de 2 a 8 anos de reclusão pelo crime de furto e, de 1 a 3 anos, por formação de quadrilha.

Leia mais sobre: polícia federal

    Leia tudo sobre: polícia federal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG