PF pode punir Protógenes por ter feito campanha eleitoral

RIO DE JANEIRO - O delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz pode ser punido caso se comprove que ele fez campanha para um candidato em 2008, disse o diretor-geral da instituição, Luiz Fernando Corrêa, nesta segunda-feira. O diretor-geral da PF declarou que a corregedoria da instituição está investigando o caso.

Reuters |

"Segundo consta tem uma participação dele (Protógenes Queiroz) em um programa eleitoral. A corregedoria está instaurando um procedimento, e o final desta história só com a conclusão do relatório", disse ele a jornalistas no quartel general da PM do Rio de Janeiro, onde participou com o ministro da Justiça, Tarso Genro, de um evento do Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania).

"Se participou sim (cometeu a infração contra o regimento), nós servidores públicos não podemos nos envolver em campanhas partidárias ou termos atuações partidárias", acrescentou Luiz Fernando Côrrea.

Pelo regimento interno da corporação, em casos extremos, uma falta pode até mesmo levar à expulsão do delegado, de acordo com assessores da Polícia Federal.

O delegado Protógenes Queiroz comandou no ano passado a operação Satiagraha, que resultou na prisão do banqueiro Daniel Dantas, dono do banco Opportunity, do empresário Naji Nahas e do ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta. O delegado foi afastado das investigações acusado de utilizar meios ilegais como escutas telefônicas não autorizadas pela justiça para conduzir as investigações.

Nos últimos dias o nome de Protógenes foi cogitado para uma candidatura em 2010. O próprio delegado não descarta a possibilidade ao afirmar em alguns eventos que, embora não seja candidato, admite que haja uma pressão popular para que concorra um cargo legislativo em 2010. "Qualquer cidadão tem direito a buscar um caminho, mas tudo no seu momento e observando os procedimentos", declarou Correa.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

    Leia tudo sobre: protógenes queiroz

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG