PF ouve testemunhas para apurar crimes eleitorais no Piauí

TERESINA - O delegado José Olegário Nunes, chefe da Delegacia de Defesa Institucional da Polícia Federal, afirmou que aumentou para 200 os inquéritos abertos para apurar crimes e irregularidades denunciadas durante as eleições municipais de 5 de outubro do ano passado no Piauí, segundo o jornal Meio Norte.

Agência Nordeste |

Ele afirmou que está ouvindo as testemunhas nos vários inquéritos abertos para apurar irregularidades eleitorais em Teresina e no interior. A maioria dos inquéritos apura abuso do poder econômico e político, compra de votos e aliciamento nas eleições municipais.

A candidata a prefeita de Canto do Buriti, Rita Melo da Costa e Silva Miranda, impetrou na Justiça Eleitoral com três notícias de crimes e de três ações de investigação judicial eleitoral, com pedido de liminar, contra o prefeito reeleito Nilmar Valente de Figueiredo e o vice-prefeito eleito, João Bosco Carvalho de Oliveira.

Segundo Rita Melo, Nilmar Valente de Figueiredo e seus parentes assinaram recibos autorizando a entrega de material de construção civil, especialmente telhas e sacos de cimento a diversos eleitores em troca de votos, antes das eleições para a Prefeitura de Canto do Buriti.

"Não apenas o candidato a prefeito, como ainda a sua própria esposa, o seu tio e um de seus sobrinhos praticaram manifesto abuso de poder político e econômico a fim de se lograrem vencedores", afirmou Rita Melo.

Ela quer a cassação dos mandatos de Nilmar Valente e de João Bosco Carvalho de Oliveira por abuso do poder econômico. A maioria dos eleitores beneficiados residiria no povoado Santa Clara, na zona rural de Canto de Buriti. O advogado Lúcio Tadeu informou que está acompanhando os inquéritos instaurados na Polícia Federal para apurar denúncias de abuso de poder econômico na eleição do prefeito de José de Freitas, Robert Freitas (PSDB), e do prefeito de Campo Alegre do Fidalgo, Israel.

Ele é advogado dos candidatos derrotados Ricardo Camarço, de José de Freitas, e de Netinho, de Campo Alegre.

Leia mais sobre: crimes eleitorais  - Piauí

    Leia tudo sobre: crimecrime eleitoralpiauí

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG