A Polícia Federal enviou ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlos Ayres Britto, informações sobre a força-tarefa que realiza inquéritos eleitorais no Estado de Alagoas. São mais de 300 inquéritos que apuram crimes nas eleições do ano passado em Alagoas.

O primeiro relatório mostrou que, além dos inquéritos, 10 deputados foram afastados da Assembleia e outros 5 correm igual risco. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.