PF indicia 31 acusados de crimes pela internet

A Polícia Federal (PF) informou hoje, em nota, que 31 pessoas foram indiciadas na Operação Cardume por furto qualificado, formação de quadrilha, interceptação informática não autorizada e receptação. Somadas, as penas previstas pelos crimes podem chegar a 19 anos, além de multa.

Agência Estado |

Executada ontem, a ação desarticulou uma quadrilha especializada em praticar crimes pela internet.

A operação ocorreu nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia e Sergipe. Segundo a PF, até o momento houve a apreensão de 15 veículos, 35 computadores - entre desktops e notebooks, 7 televisores de plasma, documentação, CDs e DVDs. Trinta e uma contas bancárias foram bloqueadas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG