PF faz perícia em fazenda de Olavo Calheiros no AL

Agentes da Polícia Federal em Alagoas realizam perícia em uma propriedade do deputado federal Olavo Calheiros (PMDB), no município de Murici, a 51 quilômetros de Maceió. A perícia foi determinada pela ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia Antunes Rocha, após denúncia de dano ambiental.

Agência Estado |

Segundo a denúncia, os danos ambientais estariam sendo causados à Estação Ecológica de Murici, que abrange uma área de 6.116,43 hectares, localizada a 15 quilômetros da cidade de Murici, administrada por Renan Filho (PMDB), filho do senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

A Estação Ecológica de Murici foi criada em maio de 2001 e abriga pelo menos 14 espécies de aves ameaçadas de extinção, o maior número entre os remanescentes de Mata Atlântica do Nordeste. Além disso, pesquisas desenvolvidas a partir dos anos 80 levaram à descoberta de quatro novas espécies de aves: o limpa-folha-do-nordeste (Philydor novaesi), o zidedê-do-nordeste (Terenura sicki), a choquinha-de-Alagoas (Myrmotherula snowi) e o cara-pintada (Phylloscartes ceciliae).

Segundo os técnicos do Ibama, a situação de todas as aves endêmicas (não-encontradas em outros locais) é bastante preocupante por causa do contínuo processo de desmatamento na região, onde pouco restou da Mata Atlântica.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG