PF faz operação contra desvio de dinheiro público

São 14 mandados de prisão. Nos últimos cinco anos, R$ 300 milhões teriam sido desviados

iG São Paulo |

A Receita Federal, junto com a Polícia Federal, realiza nesta terça-feira operação com o objetivo de combater o desvio de recursos federais destinados às áreas de saúde e educação por meio da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), sediada em Curitiba. Devem ser cumpridos 14 mandados de prisão e 40 de busca, em empresas e casas no Paraná, em São Paulo, Goiás, Maranhão e Pará.

O esquema fraudulento, segundo a investigação, desviava 30% ou aproximadamente R$ 43 milhões dos recursos recebidos do governo federal sob alegação de despesas administrativas após a aprovação dos projetos. Em média, a destinação do governo federal para a organização chegava a R$ 130 milhões anuais destinado à contratações de empregados, compras de bens e serviços.

“Com o aprofundamento das investigações é possível que esse valor seja reestimado. Só mais à frente teremos uma visão melhor da fraude”, disse superintendente da Receita Federal no Paraná

A Receita informou que, “além das constatações de desvios irregulares de recursos públicos, estimados em mais de R$ 300 milhões apenas nos últimos cinco anos”, os investigadores têm evidências da ocultação de bens e direitos e de lavagem de dinheiro, crimes contra a ordem tributária, aquisições suspeitas de títulos da dívida pública "podres" e de imóveis rurais supostamente inexistentes no Estado do Pará para servirem, em tese, de garantia de dívidas públicas. 

A ação, batizada de Operação Parceria, mobiliza 250 servidores. Além da PF e Receita Federal, participam homens da Controladoria Geral da União e do Ministério Público Federal.

(*com informações da Agência Brasil)

    Leia tudo sobre: Polícia Federaloperação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG