Empresa ainda apura, porém, de onde surgiram dados de funcionários que vazaram na internet hoje

A Petrobras divulgou nota agora há pouco em que confirma ter sido alvo de hackers na quarta-feira. Segundo nota da companhia, naquele dia, "o site da companhia recebeu um alto volume de acessos simultâneos que gerou um congestionamento momentâneo do servidor".

No entanto, a Petrobras assegura que sua rede não foi invadida. Segundo a nota, não houve alteração de conteúdo ou violação de informações do site da companhia.

Contudo, informações pessoais de funcionários da estatal foram divulgadas na manhã de hoje pelo grupo de hackers LulzBrazil, cuja veracidade não foi contestada pela companhia. A Petrobras informa apenas que elas não foram obrtidas por hackers via internet na rede da empresa. "A Petrobras está investigando a origem das informações."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.