BRASÍLIA ¿ Os deputados federais pelo PT de São Paulo, José Genoino e Ricardo Berzoini, fizeram uma ampla defesa do Partido dos Trabalhadores no Plenário da Câmara nesta quarta-feira.

No discurso, José Genoino contou a trajetória do PT e deixou claro que o partido está pronto para o enfrentamento político e também apoia a reforma política, dando ao Senado um "papel revisor.  O parlamentar criticou a demonização que os políticos vem sofrendo no Senado Federal. "O caminho não é demonizar a política, nós vamos fazer a reforma estrutural", afirmou, sobre uma possível mudança nas bases políticas brasileiras.

OBrito News
O deputado Genoino em foto de arquivo

Já o presidente nacional da legenda, Berzoini, reforçou que partido está mais unido do que nunca. Ele citou o evento desta quarta-feira, quando partidários se reuniram para o lançamento da campanha de candidatura de José Eduardo Dutra para a presidência do PT.

PT que comemora 30 anos no ano que vem, vem governando o Brasil, 5 estados e mais de quinhentas prefeituras, disse Berzoini.

Segundo Genoino, ex-presidente do partido, a situação da legenda não está como os jornais desta quinta-feira "pintaram": colocaram a ideia de que o Lula está engolindo o PT. Eles não entendem que não existe Lula sem PT e PT sem Lula, expôs.

Na avaliação de Genoino, o que o PT aprendeu ao longo dos anos é a necessidade de construir alianças. Nós do PT queremos dar continuidade [ao trabalho desenvolvido pelo governo Lula] com a companheira Dilma, pediu Genoino.

De acordo com o deputado, o projeto de reformular a política também vai ajudar o País a melhorar. "O PT tem um projeto e esse projeto pode ser consolidado nesse lema: mais Brasil para mais brasileiros. O que estamos realizando nesses seis anos e meio desse governo Lula é esse projeto".

Sobre as perdas do Partido no Senado, Marina Silva e Flávio Arns, Genoino considerou que eles estão deixando o partido não por causa de sua biografia, mas porque estão buscando outros projetos.

Ele ainda citou realizações do governo Lula no campo econômico. "Esse é o projeto do PT, que dirige a economia com competência, que garante a gestão das estatais com competência". 

Leia mais sobre: Câmara dos Deputados

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.