Petistas pró candidatura própria se unem no RJ

As correntes do PT do Rio de Janeiro favoráveis à candidatura própria ao governo do Estado no ano que vem uniram forças para a disputa à presidência regional do partido no segundo turno do processo de eleição direta (PED), que ocorrerá no domingo. Em evento realizado hoje na sede da legenda, no centro da cidade, todos os discursos de apoio a Lourival Casula, dirigente que lidera as articulações para o lançamento de Lindberg Farias na corrida ao Palácio Guanabara, repetiram sem parar que o palanque petista no Estado será fundamental para a campanha à Presidência da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Agência Estado |

O outro candidato à presidência regional do PT, o deputado federal Luiz Sérgio, é favorável à aliança com o governador Sérgio Cabral (PMDB) já no primeiro turno. O Rio é um dos dez estados em que PT e PMDB não conseguem formalizar aliança para a disputa regional.

"Estou convencido de que para a Dilma não tem nada melhor do que o que está acontecendo no Rio hoje. Quem tem problema aqui é o (governador de São Paulo é pré-candidato do PSDB à presidência, José) Serra, que não tem candidato nenhum no Estado. A Dilma vai ter três" discursou Lindberg, referindo-se a ele, Cabral e o ex-governador Anthony Garotinho (PR), que vai tentar voltar à administração estadual. "Alguém acredita que o PMDB vai mesmo deixar de apoiar a Dilma por causa da questão do Rio?", questionou o petista, que foi apresentado e saudado pela militância petista como "futuro governador".

Casula recebeu o apoio do assessor especial da Presidência da República, Bismarck Alcântara, e do presidente da Câmara Municipal de Mesquita, André Taffarel, candidatos derrotados no primeiro turno do PED. O vereador de Niterói Waldeck Carneiro é o único dos candidatos que também disputou a eleição que ainda não anunciou como ficará no segundo turno.

Os três candidatos que formalizaram aliança somaram 50,95% dos votos válidos dos 38.477 filiados petistas que participaram do PED no primeiro turno: Casula (25,30%), Bismarck (22,90%) e Taffarel (2,75%). Luiz Sérgio fez 39,79% e Carneiro somou 9,26%.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG