síndrome do sono atrasado - Brasil - iG" /

Pesquisa vai testar Viagra contra síndrome do sono atrasado

Uma pesquisa vai usar o Viagra para tratar da “síndrome da fase atrasada do sono”, que faz com que a pessoa não sinta sono antes das quatro ou até cinco horas da madrugada. A pílula, indicada para problemas de ereção, poderia ter o uso estendido para tratar efeitos do jet lag , comum em viagens longas, e do horário de verão, que incluem sonolência e sono mais curto.

Agência Estado |

“É um experimento piloto. Apenas uma pessoa será submetida aos testes, por enquanto”, explica Mario Pedrazzoli, psicobiólogo e geneticista do sono da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que está conduzindo o estudo. O paciente, um jovem que sofre da síndrome, já é tratado com banhos de luz pela manhã, e deverá receber doses “sub-clínicas” do Viagra, suficientes para tratar do distúrbio, mas pequenas para ereção.

O medicamento funciona como inibidor da fosfodiesterase, uma enzima que age interrompendo a ereção. Ela estimula o efeito da luz pela manhã, que tem o poder de adiantar o sono à noite. As informações são do Jornal da Tarde .

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG