ATENAS, 8 de maio (Reuters) - A maioria dos gregos é contra as medidas de austeridade porpostas pelo governo em troca de ajuda financeira internacional, sendo que 39 por cento disseram estar prontos para participar de manifestações, mostrou uma pesquisa neste sábado.

A pesquisa do Public Issue para o jornal Kathimerini foi feita com 527 gregos e mostrou que 66 por cento deles se opõem às medidas, que incluem amplos cortes em salários e aposentadorias, e que 68 por cento apoiam os protestos contras as medidas.

" /

ATENAS, 8 de maio (Reuters) - A maioria dos gregos é contra as medidas de austeridade porpostas pelo governo em troca de ajuda financeira internacional, sendo que 39 por cento disseram estar prontos para participar de manifestações, mostrou uma pesquisa neste sábado.

A pesquisa do Public Issue para o jornal Kathimerini foi feita com 527 gregos e mostrou que 66 por cento deles se opõem às medidas, que incluem amplos cortes em salários e aposentadorias, e que 68 por cento apoiam os protestos contras as medidas.

" /

Pesquisa: 39% dos gregos estão prontos para protestar

ATENAS, 8 de maio (Reuters) - A maioria dos gregos é contra as medidas de austeridade porpostas pelo governo em troca de ajuda financeira internacional, sendo que 39 por cento disseram estar prontos para participar de manifestações, mostrou uma pesquisa neste sábado.

A pesquisa do Public Issue para o jornal Kathimerini foi feita com 527 gregos e mostrou que 66 por cento deles se opõem às medidas, que incluem amplos cortes em salários e aposentadorias, e que 68 por cento apoiam os protestos contras as medidas.

Reuters |

ATENAS, 8 de maio (Reuters) - A maioria dos gregos é contra as medidas de austeridade porpostas pelo governo em troca de ajuda financeira internacional, sendo que 39 por cento disseram estar prontos para participar de manifestações, mostrou uma pesquisa neste sábado.

A pesquisa do Public Issue para o jornal Kathimerini foi feita com 527 gregos e mostrou que 66 por cento deles se opõem às medidas, que incluem amplos cortes em salários e aposentadorias, e que 68 por cento apoiam os protestos contras as medidas.

Um número menor, 39 por cento, disse estar pronto para participar dos protestos.

A pesquisa foi feita em 4 de maio.

(Por Renee Maltazou)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG