La Teta Assustada, o filme da diretora Claudia Llosa, foi o vencedor do Urso de Ouro, o prêmio de melhor filme no Festival de Berlim. A produção hispano-peruana trata dos temores das mulheres que foram abusadas durante a época de violência política no Peru.

"Isto é para o Peru. Isto é para o nosso país", disse a diretora após receber o prêmio na noite de ontem.

O Urso de Prata, o prêmio do júri, foi dividido por "Gigante", filme de estreia do diretor argentino Adrian Biniez, e "Everyone Else", do alemão Maren Ade. O iraniano Asghar Farhadi levou o prêmio de melhor diretor por "About Elly". O melhor ator foi Sotigui Kouyate, que atuou em "London River", e a melhor atriz, Birgit Minichmayr, de "Everyone Else".

Os vencedores foram escolhidos entre 18 filmes por um júri internacional de sete membros, presidido pela atriz britânica Tilda Swinton.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.