Peruano que atirou em mulher grávida se entrega à polícia de São Paulo

SÃO PAULO - O peruano identificado César Manuel Anchante Saraiva, de 37 anos, que disparou três tiros contra sua mulher grávida de dois meses, se entregou à polícia nesta quarta-feira. Ele estava trancado desde as 13h de terça-feira em um apartamento de um prédio do Cingapura localizado na Rua Giuseppe Marino, na zona norte de São Paulo.

Redação com Agência Estado |

AE
Peruano se entrega após mais de 24 horas
De acordo com a Polícia Militar, Anchante se rendeu por volta das 15h e foi encaminhado ao 90° Distrito Policial, no Parque Novo Mundo.

No início da tarde de terça-feira, ele chegou a disparar três tiros contra sua mulher. O peruano, que foi submetido a uma cirurgia de vasectomia, acredita ter sido traído, já que sua esposa está grávida de dois meses. O casal tem quatro filhos, com idades entre 5 e 16 anos.

Atingida nas pernas e no abdômen, a mulher foi socorrida por vizinhos e levada ao pronto-socorro da Vila Maria. Conforme o hospital, a vítima passa bem e o feto também está fora de perigo.

Armado com um revólver calibre 38, Anchante ficou trancado em um apartamento do andar térreo do prédio. As negociações tiveram a participação do policiamento local e de policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate).

Leia mais sobre: refém

    Leia tudo sobre: refém

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG