Três pessoas foram feitas reféns e ao menos duas pessoas ficaram feridas durante perseguição policial que começou em Valinhos e terminou em Campinas (a 95 quilômetros de São Paulo) no fim da tarde desta segunda-feira.

De acordo com informações da Polícia Civil de Campinas, dois homens roubaram um carro em Valinhos e tentaram fugir pela Rodovia Anhangüera.

Guardas municipais e policiais militares perseguiram os suspeitos. Ao chegarem perto do trevo da Bosch (atual trevo Monsenhor Geraldo Azevedo, no quilômetro 98 da Anhangüera), os homens atingiram um carro. Motorista e passageiro do outro veículo, que foi jogado para fora da pista e bateu em um caminhão, ficaram feridos.

A polícia prendeu Manoel Nascimento durante a tentativa de fuga. O outro suspeito e foragido do sistema penitenciário, Anderson da Silva, teria atirado, segundo informações da polícia, contra os policiais enquanto tentava fugir e entrado em uma residência na qual estavam uma mulher de 44 anos e duas menores de idade. Policiais negociaram a liberação dos reféns durante duas horas, período após o qual Silva foi detido. A polícia apreendeu um revólver calibre 38. Os dois suspeitos foram levados para a cadeia do 2º Distrito Policial de Campinas e de lá, encaminhados para outras unidades.

Leia mais sobre: perseguição policial

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.