Pernambuco reforça segurança para evitar migração de traficantes

Garantia de preparo foi dada nesta terça-feira pelo secretário estadual de Segurança Pública, Wilson Damázio

AE |

selo

Pernambuco está preparado para enfrentar uma eventual migração de traficantes que fugiram da Vila Cruzeiro e do Complexo do Alemão, no Rio, pelas operações de guerra na área. A garantia foi dada nesta terça-feira pelo secretário estadual de Segurança Pública, Wilson Damázio, que atendendo a solicitação do governador Eduardo Campos (PSB), já reforçou o esquema de segurança nas divisas do Estado.

"O planejamento ainda está sendo fechado", afirmou Damázio, ao assegurar que o momento é de alerta e que, por enquanto, não há indício de deslocamento de membros do crime organizado dos morros cariocas para o Nordeste. Segundo ele, as inteligências da área de segurança pernambucana, do Rio e da Polícia Federal (PF) estão articuladas em um trabalho conjunto. Fotos e perfis dos traficantes fugitivos já foram recebidos pela polícia pernambucana para ajudar na sua identificação caso migrem para o Estado.

O secretário disse já existir vigilância nas divisas com o objetivo de barrar o tráfico de drogas, especialmente o crack, com homens nos municípios de Petrolina (Sertão), Garanhuns (Agreste), Quipapá, Palmares e Barreiros (Zona da Mata), além da capital e região metropolitana. Estes são, segundo ele, os principais pontos de entrada de droga que agora estão reforçados com policiais. Nos aeroportos, o trabalho é integrado com a PF. Nas estradas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem ajudado na operação.

    Leia tudo sobre: segurançatráficorio de janeiropernambuco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG