Péres era um dos sustentáculos do Senado, diz Garibaldi Alves

Mal soube da morte do líder do PDT, Jefferson Péres, o presidente do Senado, Garibaldi Alves, dirigiu-se ao Congresso, onde chegou expressando sua tristeza. Ele disse que Péres será sempre lembrado por sua atuação como um combatente em defesa da democracia e da Amazônia.

Agência Senado |

"Perdemos um grande senador, um grande homem público, um homem dedicado à defesa da nossa democracia. Era um dos sustentáculos da coluna vertebral do Senado. Um grande pregador, um grande peregrino em defesa da ética. Será sempre lembrado pela maneira como defendia a prevalência dos valores éticos na cena política", afirmou o presidente do Senado.

Segundo Garibaldi, Jefferson Péres era um "combatente em favor de suas idéias. Era um político incansável na defesa dos seus ideais, incansável na luta para que o Senado fosse um poder independente. Um homem que sempre esteve absolutamente voltado para a boa causa, como a da necessidade de restringir-se o poder do Executivo em editar medidas provisórias. Não podemos esquecer que era também um incansável defensor da Amazônia. Foi uma perda inestimável", reiterou durante discurso.

Garibaldi Alves telefonou para a mulhere de Jefferson Péres, Marlídice, a fim de colocar-se à disposição de qualquer necessidade em relação ao enterro. Ainda consternada com os acontecimentos da manhã desta sexta-feira, a viúva disse que nada decidiu até agora. Jeferson Péres deve ser enterrado neste sábado em Manaus.


Jefferson Péres era senador pelo PDT de Amazonas / Agência Brasil

Leia mais sobre Jefferson Péres

    Leia tudo sobre: jefferson peres

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG