Tamanho do texto

Até às 17h deste domingo, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou 486 urnas substituídas em 15 estados onde ocorre segundo turno das eleições municipais. O número representa 0,62% do total de 77.901 urnas em operação.

O percentual de urnas substituídas já é maior que o primeiro turno do pleito muncipal, quando 0,49% do total de máquinas foram trocadas.

Em São Paulo, segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral do Estado, 144 urnas tiveram de ser substituídas neste domingo. No Rio de Janeiro,110 aparelhos apresentam defeito, sendo 99 só na capital fluminense. Apenas no bairro do Leblon, no Rio foi preciso usar o sistema de votação manual, em cédula de papel.

Os Estados do Amapá (seis), Amazonas (sete) Bahia (13) Espírito Santo (três), Goiás (duas), Maranhão (oito), Minas Gerais (36), Mato Grosso (19), Pará (12), Paraíba (12), Rio Grande do Sul (70) e Santa Cantarina (28) também registraram problemas com urnas eletrônicas.