MADRI (Reuters) - A atriz espanhola Penélope Cruz concorrerá pela terceira vez a um Oscar, depois que a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas a indicou nesta terça-feira para disputar a estatueta de melhor atriz coadjuvante por seu papel em Nine. O anúncio feito pela atriz Anne Hathaway junto ao presidente da entidade, Tom Sherak, permite à madrilenha de 35 anos sonhar com seu segundo Oscar depois de vencer o prêmio em 2009 por Vicky Cristina Barcelona, de Woody Allen.

"Estou muito feliz e surpresa com essa indicação", disse Penélope Cruz em um comunicado divulgado por seu representante na Espanha.

A atriz elogiou Rob Marshall, diretor do musical, a quem qualificou de "brilhante" e "uma das pessoas mais maravilhosas com as que trabalhei".

"Este filme foi uma experiência muito especial e a indicação por este papel me deixa muito feliz", concluiu a atriz.

O musical "Nine" se baseia no filme de Federico Fellini "Oito e Meio".

Além de Penélope, foram indicadas ao Oscar de melhor atriz coadjuvante Vera Farmiga, por "Amor Sem Escalas", Maggie Gyllenhaal, por "Crazy Heart", Anna Kendrick, por "Amor Sem Escalas", e Mo'Nique, por "Preciosa".

Em 2006, Penélope foi indicada ao Oscar pelo filme "Volver", de Pedro Almodóvar, mas não ganhou o prêmio.

(Reportagem de Teresa Larraz)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.