Peemedebista assume Comissão Mista do Orçamento

O senador Almeida Lima (PMDB-SE) assumiu a presidência da Comissão Mista de Orçamento na tarde de hoje com elogios ao líder de seu partido Renan Calheiros (AL) e ataques a outro peemedebista do Senado, Jarbas Vasconcelos (PE). Maior aliado de Renan quando o ex-presidente do Senado sofreu processo de cassação do mandato, Almeida Lima disse, na comissão, que será porta-voz de todos os senadores e deputados e também de Renan Calheiros.

Agência Estado |

Almeida Lima foi eleito por aclamação depois da atuação decisiva de parlamentares governistas que saíram em sua defesa e rejeitaram a interpretação de que o senador não poderia assumir uma vaga na comissão, por ter feito parte dela no ano passado. A regra proíbe recondução de integrantes da Comissão de Orçamento de um ano para outro.

Lima sustentou que não chegou a tomar posse na comissão e sua indicação foi cancelada pelo então líder do PMDB no Senado, Valdir Raupp (RO), e foi defendido pelo deputado petista Gilmar Machado (MG). A indicação do nome de Almeida Lima foi formalizada na comissão pelo líder do PP no Senado, Francisco Dornelles (RJ). "Eu não escondo de ninguém o interesse de Renan pela minha indicação. Muita gente tem dor de cotovelo pela relação que tenho com Renan Calheiros", afirmou Almeida Lima, que disse não aceitar mais ataques de Jarbas Vasconcelos.

O senador pernambucano havia dito que a indicação de Almeida Lima fazia parte "do figurino" de Renan Calheiros. "Já ouvi duas 'observaçõezinhas' do senador Jarbas Vasconcelos. Não haverá a terceira. O que existe é uma ave desgarrada no PMDB, que prefere não continuar no ninho que é muito confortável", atacou Almeida Lima.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG