Peeling de ostras: a beleza do mar sobre a pele Por Cecilia Nascimento São Paulo, 04 (AE) - O peeling facial tradicional tem como objetivo principal amenizar manchas na pele obtidas após excesso de sol ou depois da gravidez. Além disso, através da esfoliação, a técnica remove células mortas e estimula a circulação de camadas mais profundas da pele, o que dá um aspecto mais jovial ao rosto.

Muito difundido entre homens e mulheres de meia idade no País, o peeling tradicional tem o inconveniente de deixar a pele avermelhada, durante dois ou três dias após a aplicação, resultante da esfoliação para remover células mortas.

Desenvolvido e aplicado na França, o peeling de ostras acaba de chegar ao País com o benefício de hidratar e amenizar manchas da pele sem irritá-la. A técnica consiste na aplicação de uma fórmula à base de pó de ostras, algas calcárias e corais, misturada a uma solução com ácidos glicólico, lático e óleos essenciais. A fórmula é aplicada sobre a pele após uma limpeza profunda. Age durante 10 minutos e depois é removida. Em seguida, a pele deve ser hidratada com loção apropriada ao tipo de pele e protegida com protetor solar, no mínimo, de fator 30.

A aplicação tem duração de 1 hora, pode ser feita 1 vez por semana para pessoas que não tomam sol intensamente, ou a cada 15 ou 30 ,de acordo com a necessidade da pele. "O peeling de ostras é recomendado para homens e mulheres a partir dos 30 anos, já que o processo envolve esfoliação profunda e é recomendado para quem deseja também um rosto mais jovial sem aplicação invasiva", explica Evani Cavanha, do Gilberto Cabeleireiros, na região dos Jardins, em São Paulo.

Esteticista com 30 anos de carreira, ela alerta que a aplicação de um profissional, já que envolve manipulação de ácidos. "Jamais deve ser aplicada sobre pele com acne, pois a esfoliação pode agredi-la", reforça. Evani.

SERVIÇO:
Peeling de Ostras - Gilberto Cabeleireiros - Rua da Consolação, 3423- Jardins
Tel: (11) 3088-9811- www.gilbertocabeleireiros.com.br

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.