vítima de campanha midiática." / vítima de campanha midiática." /

Pedro Simon pede o afastamento de Sarney da presidência do Senado

BRASÍLIA - O senador Pedro Simon (PMDB-RS) voltou a pedir nesta quinta-feira, em discurso no plenário do Senado, o afastamento do senador José Sarney (PMDB-AP) da presidência da Casa. Na avaliação de Simon, diante da crise institucional, a presença de Sarney tornou-se ¿insustentável¿. Nesta tarde, Sarney divulgou nota se dizendo http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/06/25/em+nota+sarney+se+diz+vitima+de+campanha+midiatica+6948916.htmlvítima de campanha midiática.

Severino Motta e Carol Pires, em Brasília |

Há um mês eu dizia: é melhor o presidente Sarney sair antes que ele seja obrigado a sair. Hoje eu repito: é bom que o presidente Sarney largue a presidência do Senado, antes que sua presença fique insustentável. Ele tem que sair, disse o senador.

Para Simon, se Sarney aceitar a sugestão e deixar a presidência da Casa ele irá benificiar o Senado e poder se defender tranquilamente das denúncias. "Faço um apelo para fazermos um movimento de endeusamento do Sarney, desde que fora da presidência. Se ele renunciar, isto termina hoje. Isso só para se der ao Sarney o direito que ele tem de respirar tranquilo".

Esta Casa se encontra no ápice de uma crise e o Brasil inteiro olha para esta Casa. E olha de uma maneira como ainda não tinha visto. A classe política é vista de uma maneira muito dura pelo povo. Mas nunca vi um olhar tão magoado, tão machucado, tão triste, quanto o povo brasileiro olha para esta casa, continuou Simon na tribuna.

Pedro Simon observou que a crise do Senado começou a ser erguida há 15 anos, exatamente quando Sarney foi eleito presidente do Senado pela primeira vez e indicou Agaciel Maia para dirigir a instituição. Agaciel Maia foi mantido no cargo por 14 anos, até ser exonerado, no início deste ano, acusado de esconder da Justiça uma mansão avaliada em R$ 5 milhões.

Hoje, a pergunta que se faz é: não é importante ter na presidência do Senado uma pessoa que não tenha nada a ver com nada do que aconteceu nos últimos 15 anos aqui no Senado?, questionou o senador.

O senador gaúcho também ressaltou que os senadores devem ter coragem para investigar uns aos outros, como ocorreu na CPI dos Anões do Orçamento, que, em 1993, descobriu um esquema de propina entre os integrantes da comissão mista de Orçamento.

Se afaste [senador José Sarney] e nós vamos partir para decidir se vamos ter coragem, como teve na CPI dos Anões do Orçamento. Ali cassamos 14 parlamentares, fizemos uma limpa na comissão e trabalhamos pra valer, relembrou Simon. "Eu acho que nós vamos ter coragem de fazer isso".

Mais cedo, o senador gaúcho afirmou que o afastamento de Sarney é um pensamento crescente entre os senadores .

Lixo do Senado

Quando Sarney fala que foi eleito presidente para cuidar da política e não para cuidar do lixo do Senado... Ele é presidente, é responsável pelo lixo, sim! Nós todos somos responsáveis pelo lixo do Senado, principalmente o presidente. Fazer política é bom, é gostoso, é necessário, é importante, mas tem que saber onde está o lixo. Quando Sarney deixou [o primeiro-secretário Heráclito Fortes (DEM-PI)] indicar o diretor-geral e outros diretores é a demostração clara que ele não quer continuar [na presidência]

Saída de Sarney

O presidente Sarney tem que se afastar da presidência. Lá no início já disse isso, não na Tribuna, não na imprensa, mas falei isso. O presidente Sarney deve se afastar desse processo, para o bem dele, da família dele, da sua história e desse Senado. Não que a saída dele significa autoculpa, não que significa aceitar que ele é responsável.
Pelo contrário, a saída é ato de grandeza, ato importante de quem para fazer isso tem a tranquilidade. De quem fez muitas coisas boas fez e a má-fé não faz parte de seu programa

Renan Calheiros
Queria saber onde está o líder do PMDB, o senador Renan Calheiros.
Ele que a imprensa diz que é o super poderoso, devia estar aqui pra falar, pra dizer... Em algum lugar ele deve estar.

Leia mais sobre: Sarney

    Leia tudo sobre: sarney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG