O cineasta espanhol Pedro Almodóvar se declarou muito contente nesta terça-feira com a indicação de seu último filme, Abraços partidos, para o Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro.

"O fato de ter ganho duas vezes o Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro torna muito mais difícil conseguir uma nova indicação, e por isso me alegro ainda mais por ter conseguido, em uma categoria na qual há muita competição, especialmente este ano", disse Almodóvar, em um comunicado de sua produtora.

"Os abraços partidos" competirá pela premiação com o chileno "La Nana", de Sebastián Silva, "Un profeta", do francês Jacques Audiard, "The white ribbon" da alemã Michael Haneke, e "Baaria", do italiano Giuseppe Tornatore.

Almodóvar, que já conquistou dois Globos de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro com "Fale com ela" (2003) e "Tudo sobre minha mãe" (2000), disse ter visto todos os filmes concorrentes na categoria deste ano, com exceção de "Baaria".

gr/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.