Pedreiro mata ex-mulher dentro de hospital em SC

O pedreiro Vanderlei Puerari foi preso por matar sua ex-mulher, Alessandra Mendes, em um hospital do município catarinense de Chapecó, depois de duas tentativas. Inconformado com a separação, o pedreiro procurou pela ex-mulher na tarde de domingo na empresa onde ela trabalhava como vigia.

iG São Paulo |

O pedreiro Vanderlei Puerari foi preso por matar sua ex-mulher, Alessandra Mendes, em um hospital do município catarinense de Chapecó, depois de duas tentativas. Inconformado com a separação, o pedreiro procurou pela ex-mulher na tarde de domingo na empresa onde ela trabalhava como vigia. Na ocasião, ele tentou matar Alessandra com facadas.

Após ferir a ex-mulher no braço, o pedreiro, de 28 anos, roubou a arma dela e atirou. Um funcionário da empresa chamou os bombeiros, que encaminharam Alessandra até o Hospital Regional do Oeste, sem ferimentos graves.

Porém, Vanderlei voltou a procurar a ex-esposa no hospital durante a madrugada. Ele confessou aos policiais que pulou uma das janelas do prédio e atirou três vezes contra a vítima, de 32 anos, que morreu na hora.

O pedreiro foi preso ontem, quando se preparava para matar o suposto namorado de Alessandra, segundo informações da Polícia Civil. Ele foi levado para o Presídio Regional.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG