Pedra fundamental do novo Museu da Imagem e do Som é lançada no Rio

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, lançou na manhã desta terça-feira a pedra fundamental da nova sede do Museu da Imagem e do Som, em Copacabana, zona sul da capital fluminense. Orçado em R$ 70 milhões, o novo MIS será construído na Avenida Atlântica no terreno onde ficava a boate Help, desocupada no início do mês. A inauguração do museu está prevista para o segundo semestre de 2012.

iG Rio de Janeiro |

O projeto do prédio é dos arquitetos americanos Elizabeth Diller e Ricardo Scofidio, ganhadores de um concurso internacional em agosto do ano passado. A execução do projeto terá o apoio do escritório do arquiteto brasileiro Luiz Eduardo Índio da Costa.

Divulgação

Sérgio Cabral lança pedra fundamental do Museu da Imagem e do Som

O museu terá uma área total de aproximadamente sete mil metros quadrados e irá contar com salas de exposições permanentes e temporárias, um café e um cinema ao ar livre no terraço, um restaurante panorâmico no terceiro piso, um piano bar no segundo, além do auditório no subsolo, que também pode ser visto do térreo.

O projeto de curadoria do MIS, a cargo do jornalista Hugo Sukman, com auxílio da diretora de cinema, Daniela Thomas, divide o espaço em três grandes áreas: galerias de exposição, centro de documentação e fábrica de memória.

Divulgação

O projeto do novo MIS foi inspirado nas curvas do calçadão de Copacabana

A cidade vai ganhar um equipamento cultural de primeira, tão de acordo com ela e tão sintonizado com o momento que o Rio está vivendo. Será mais uma atração turística da cidade, avaliou Cabral.

Criado em setembro de 1965, o MIS possui atualmente duas sedes no centro do Rio, sendo uma na Lapa e outra na Praça XV.

Leia também:

Leia mais sobre: Museu da Imagem e do Som

    Leia tudo sobre: mis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG