Pedido de informações sobre viagem tem 18 questões

O líder do PSDB na Câmara, deputado José Aníbal (SP), apresentou formalmente um pedido de informações à ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, sobre a viagem de três dias feita na semana passada para visitar as obras de transposição do Rio São Francisco com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A caravana de Lula com Dilma, pré-candidata à Presidência da República, passou por Minas Gerais, Bahia, Pernambuco e Paraíba.

Agência Estado |

No pedido, os tucanos pedem respostas a 18 questões.

O PSDB argumenta que o objetivo declarado pelo governo de "inspeção" das obras se transformou em "uma sequência de atos de mobilização eleitoral, nos quais o presidente da República comandou comícios, feitos do alto de palanques, com clara e abusiva caracterização de antecipação de campanha eleitoral de 2010".

O requerimento de informações tem 18 perguntas à chefe da Casa Civil sobre gastos totais da União, gastos com transporte da comitiva, construção do "acampamento" para hospedar a comitiva, se houve gasto pago por empresa privada, qual o cardápio de alimentação dos membros da comitiva, custo do contrato com o restaurante "La Cuisine", que serviu os membros da comitiva, detalhes do conforto da suíte que hospedou Lula, entre outras.

Esse tipo de pedido de informação é previsto na Constituição (artigo 50) e a negativa, o não-atendimento no prazo de 30 dias ou a apresentação de informações falsas, podem resultar em processo por crime de responsabilidade contra a ministra.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG