Pedida prisão de acusado de matar menino em SP

O delegado Antenor Pavarina pediu hoje à Justiça a prisão temporária do caldeireiro Paulo Rogério Gama, de 33 anos, principal suspeito, segundo a polícia, de ter matado com duas facadas o garoto Danilo de Souza Oliveira, de 9 anos. A roupa e o tênis de Gama serão examinados pelo Instituto de Criminalística (IC) de São Paulo.

Agência Estado |

Ele foi interrogado ontem, dia do crime, e hoje voltou a ser ouvido na Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Além dele, mais sete pessoas foram ouvidas hoje. A morte violenta do menino em sua casa, no campus 2 da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) causou comoção em Presidente Prudente.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG