Pedetista assume Prefeitura de Porto Alegre

O ex-deputado federal José Fortunati (PDT) deixou a condição de vice e assumiu a função de prefeito de Porto Alegre nesta tarde. Ele substitui José Fogaça (PMDB), que comunicou sua renúncia à Câmara de Vereadores ontem e deixou o cargo para concorrer ao governo do Rio Grande do Sul.

Agência Estado |

Fortunati reconduz o PDT à administração municipal 22 anos depois do encerramento do mandato de Alceu Collares (1986-1988). Em seus primeiros atos, o novo prefeito anunciou que o líder de seu governo na Câmara será o vereador João Dib (PP) e substituiu cinco secretários que deixaram seus cargos para disputar as eleições deste ano.

A troca mais polêmica é a de Clênia Maranhão por Cézar Busatto (PMDB) na Secretaria da Governança. O novo secretário esteve no centro de uma crise política estadual em 2008, quando, como chefe da Casa Civil da governadora Yeda Crusius (PSDB), foi gravado pelo vice-governador Paulo Afonso Feijó (DEM) dizendo que grandes partidos políticos se financiavam de empresas estatais.

Formado em Administração Pública e Direito, ex-bancário e sindicalista, o novo prefeito de Porto Alegre foi deputado estadual (1987-1990) e federal (1991-1996) e vice-prefeito de Raul Pont, sempre pelo PT. Em 2001 ingressou no PDT e em 2008 elegeu-se vice-prefeito na chapa de Fogaça.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG