Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Peças geométricas marcam 1º dia da SP Fashion Week

A São Paulo Fashion Week, maior evento de moda do País, começou ontem em um clima bem paulistano: com manhã cinzenta, no centro velho da cidade, o desfile levava o batido tema sexo, moda e rock¿n¿roll. A grife de streetwear Cavalera abriu a temporada apresentando sua coleção na Galeria do Rock, na Avenida São João.

Agência Estado |

No terceiro andar do prédio, transformou um dos pontos mais hard rock no epicentro fashion do dia, que, no desfile seguinte, da Osklen, deslocou-se para a Bienal, no Parque do Ibirapuera, zona sul, sede do evento.

Ontem foram apresentadas sete coleções. Apesar de terem estilos e propostas bem diferentes, todas as marcas se preocuparam em colocar nas passarelas tecidos exclusivos, que trazem benefícios distintos ao consumidor final. A Cavalera apostou nos jeans resinados, um tratamento especial que dá um efeito cobra, metalizado e até bordado. A vantagem, segundo Fabiano Grassi, um dos estilistas da coleção, é a praticidade. "São peças laváveis", explica.

Preocupado com a sustentabilidade, Oskar Metsavaht, da Osklen, desenvolveu roupas com tecidos reciclados e orgânicos. Em um desfile bem conceitual, abriu sua coleção com mulheres envelopadas em tecidos de fiberglass, usados como isolantes. Pouco maleáveis, tornaram-se excelentes suportes para roupas geométricas. Também usou lã reciclada e tecido orgânico.

"Metsavaht colocou na passarela todas as suas referências de vida, desde sua preocupação com a ecologia até suas viagens a destinos exóticos", diz Costanza Pascolato, consultora de moda, referindo-se aos casacos de esquimós supercoloridos de lã, que surgiram na passarela.

Vale tudo

Fause Haten pegou carona na reciclagem e visitou seu baú. Do acervo de tecidos antigos, montou uma coleção que apostou no vale tudo: muita meia de lurex, com oncinha, paetê e pelo. Caos? Era esta a intenção do estilista, que colocou peruca de pelo de cabra e estola de raposa (pouco sustentável para uma SPFW que já é ecológica) nas modelos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: sp fashion week

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG