A São Paulo Fashion Week, maior evento de moda do País, começou ontem em um clima bem paulistano: com manhã cinzenta, no centro velho da cidade, o desfile levava o batido tema sexo, moda e rock¿n¿roll. A grife de streetwear Cavalera abriu a temporada apresentando sua coleção na Galeria do Rock, na Avenida São João.

No terceiro andar do prédio, transformou um dos pontos mais hard rock no epicentro fashion do dia, que, no desfile seguinte, da Osklen, deslocou-se para a Bienal, no Parque do Ibirapuera, zona sul, sede do evento.

Ontem foram apresentadas sete coleções. Apesar de terem estilos e propostas bem diferentes, todas as marcas se preocuparam em colocar nas passarelas tecidos exclusivos, que trazem benefícios distintos ao consumidor final. A Cavalera apostou nos jeans resinados, um tratamento especial que dá um efeito cobra, metalizado e até bordado. A vantagem, segundo Fabiano Grassi, um dos estilistas da coleção, é a praticidade. "São peças laváveis", explica.

Preocupado com a sustentabilidade, Oskar Metsavaht, da Osklen, desenvolveu roupas com tecidos reciclados e orgânicos. Em um desfile bem conceitual, abriu sua coleção com mulheres envelopadas em tecidos de fiberglass, usados como isolantes. Pouco maleáveis, tornaram-se excelentes suportes para roupas geométricas. Também usou lã reciclada e tecido orgânico.

"Metsavaht colocou na passarela todas as suas referências de vida, desde sua preocupação com a ecologia até suas viagens a destinos exóticos", diz Costanza Pascolato, consultora de moda, referindo-se aos casacos de esquimós supercoloridos de lã, que surgiram na passarela.

Vale tudo

Fause Haten pegou carona na reciclagem e visitou seu baú. Do acervo de tecidos antigos, montou uma coleção que apostou no vale tudo: muita meia de lurex, com oncinha, paetê e pelo. Caos? Era esta a intenção do estilista, que colocou peruca de pelo de cabra e estola de raposa (pouco sustentável para uma SPFW que já é ecológica) nas modelos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.