Sobe para 9 o número de mortos pelas chuvas no Grande Recife

Jaqueline de Lima Cavalcanti, de 20 anos, foi resgatada com vida no domingo, mas morreu no hospital

AE |

selo

AE
Área alagada na comunidade de Baldo do Rio, em Goiana, zona da mata norte do Estado de Pernambuco
Subiu para nove o número de mortos devido às fortes chuvas que caíram na região metropolitana de Recife desde a sexta-feira (15). Jaqueline de Lima Cavalcanti, 20 anos, que havia sido resgatada com vida no domingo (17) de um soterramento por deslizamento de barreira no bairro da Macaxeira, zona norte da capital pernambucana, morreu no hospital.

Do total de mortes, duas ocorreram no Recife, quatro em Camaragibe - todos de uma mesma família - e três em Olinda. Oito ocorreram por soterramento e uma - Gabriela dos Santos, de 13 anos, caiu em um bueiro aberto que estava encoberto pela água, no Bairro Novo, em Olinda.

Em Goiana, na Zona da Mata norte, o prefeito Henrique Fenelon (PC do B) decretou estado de emergência. Cerca de 15% da área da cidade está submersa e cerca de três mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas. Um homem, identificado como Gutemberg, está desaparecido. Segundo testemunhas, ele foi levado pela correnteza, perto do leito do rio Goiana, que transbordou, ao tentar salvar um animal.

O transbordamento do rio cobriu a BR-101, na altura do quilômetro nove, perto da divisa com a Paraíba. A rodovia foi interditada ontem pela Polícia Rodoviária Federal e liberada hoje. "Nada igual havia acontecido aqui desde a cheia de 1973", atestou o prefeito. A PE-15, que liga Goiana ao município vizinho de Itambé, está intransitável e parte da área rural do município está debaixo d'água. Ainda não há levantamento dos estragos e prejuízos. De acordo com defesa civil estadual (Codecipe), as chuvas afetam nove municípios, com 342 famílias desabrigadas e 645 desalojadas.

    Leia tudo sobre: pernambucochuvasmortes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG