Sobe o número de pessoas afetadas por chuvas em Pernambuco

Fortes chuvas deixam nove municípios em estado de calamidade e 26 em situação de emergência

AE |

selo

Um novo balanço divulgado nesta segunda-feira pela Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) mostra aumento do número de pessoas e cidades atingidas pelas chuvas no Estado. Ao todo, 56 cidades foram atingidas, uma a mais do que divulgado domingo (8). Destas, 26 estão em situação de emergência e nove decretaram estado de calamidade pública.

Há 5.137 famílias desabrigadas e outras 10.511 desalojadas. Para atendê-las, foram instalados 218 abrigos públicos. O governo do Estado já distribuiu 4.810 colchões, 11.186 cestas básicas, 4.750 cestas de pronto consumo, 3.330 cobertores, 800 kits de limpeza e 124.400 litros de água mineral (três garrafões de 20 litros para cada família abrigada).

Os municípios que decretaram estado de calamidade são Água Preta, Barreiros, Catende, Cortês, Jaqueira, Maraial, Palmares, Primavera e Xexéu. Em Camaragibe e Jaqueira foram registrados dois óbitos por causa das chuvas este ano.

Para acompanhar de perto as necessidades e ações dos municípios mais duramente afetados pelas águas, todos em estado de calamidade pública e localizados na zona da mata, o governo anunciou a instalação, a partir desta segunda-feira, de quatro escritórios de gerenciamento. Considerado em pior situação, Barreiros terá um escritório exclusivo. O de Palmares atenderá também aos municípios vizinhos de Xexéu e Água Preta. O de Ribeirão abrangerá Cortês e Primavera. E o de Catende terá responsabilidade estendida a Jaqueira e Maraial.

    Leia tudo sobre: chuvaspernambuco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG