Sequestro acaba em duas mortes no Recife

Os mortos são acusados de realizar o sequestro do dono de um ferro-velho, que foi baleado e está internado em estado grave

Renata Baptista, iG Parnambuco |

Duas pessoas mortas e outras duas feridas. Este foi o saldo de um sequestro que terminou após o sequestrado reagir à investida dos criminosos, neste domingo, no Recife, em Pernambuco. Pela manhã, o comerciante José Ribeiro, de 34 anos, foi abordado em seu ferro-velho, no bairro de Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes, por sete homens armados. Após roubarem o local, um grupo com três homens levou o comerciante em seu carro, um utilitário da marca Mitsubishi, com o objetivo de levá-lo até a residência dele, no bairro do Totó (zona oeste do Recife), onde pretendiam roubar mais dinheiro. Os outros quatro homens ficaram no ferro-velho, ameaçando os funcionários.

No caminho, perto do bairro Tejipió, o comerciante conseguiu pegar a arma de um dos assaltantes e começou a atirar. Um deles foi atingido e morreu na hora. Outro ficou ferido. O comerciante recebeu tiros no rosto.

A ação chamou a atenção da polícia. Policiais militares atiraram no pneu do carro. Os dois feridos foram levados ao hospital e o assaltante foi rendido. Ele informou à polícia sobre o grupo que estava no ferro-velho.

Chegando ao local, houve troca de tiros entre a polícia e os assaltantes. Um assaltante morreu. No total, três assaltantes foram detidos, um está ferido e outro conseguiu fugir. O comerciante permanece internado em estado grave. Um dos presos era funcionário do ferro-velho.

De acordo com o delegado de Prazeres, Francisco Júnior - responsável pela investigação - a recomendação da polícia é que nunca se reaja às investidas de criminosos.

    Leia tudo sobre: pernambucosequestroferro-velho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG