Bimotor da Noar pilotado por Rivaldo Cardoso caiu logo após decolar do aeroporto do Recife na manhã desta quarta-feira

O comandante geral do Corpo de Bombeiros de Pernambuco, coronel Carlos Casa Nova, diz que o piloto do bimotor, que caiu na manhã desta quarta-feira no Recife , "teve ato heróico". "Ele (Rivaldo Cardoso) tentou colocar a aeronave em um local seguro em termos de terreno. Não bateu em nenhum prédio. Não houve aumento da catástrofe por conta da queda da aeronave. Houve uma atitude extremamente correta dele enquanto piloto para tentar salvar a aeronave, mas infelizmente não conseguiu planar. Houve o impacto e aconteceu a explosão.

Assista à entrevista completa de Casa Nova.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.