Casal foi preso neste domingo com cerca de 335 quilos da droga dentro de um barco

Um casal foi preso neste domingo com cerca de 335 quilos de cocaína escondidos em um barco ancorado no Iate Clube do Recife. De acordo com a polícia, o argentino Carlos Nicholas Lombardo, de 33 anos, apontado como proprietário do barco, e a namorada, a pernambucana Yasmim Kercylla de França, de 21 anos, viajariam nesta segunda-feira para a Europa na embarcação.

Esta foi a maior apreensão da droga já realizada pela Polícia Civil em Pernambuco, que deu o flagrante após uma denúncia anônima.

O valor da droga é estimado pela polícia em mais R$ 8 milhões, caso a droga fosse vendida em atacado. Já no varejo, poderia ser vendida por cerca de R$ 25 milhões.

A droga foi encaminhada para o Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), e após passar por análise, será incinerada.

Em depoimento à polícia, Carlos Nicholas negou saber da origem da droga e disse que comprou o barco em janeiro de um amigo por um valor abaixo do mercado e que iria à Espanha com ele. Já Yasmim de França afirmou saber da existência da droga. Os dois foram autuados por tráfico internacional de entorpecente.

O argentino foi encaminhado ao Centro de Triagem, em Abreu e Lima (região metropolitana de Recife) e a namorada dele à Colônia Penal Feminina do Recife.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.