No Recife, mulher tenta enganar polícia para abandonar sua filha

Ela foi à delegacia e disse que uma outra mulher havia deixado o bebê sob seus cuidados. Interrogada, se contradisse e confessou

Renata Baptista |

Após tentar enganar a polícia ao inventar uma história de que uma mãe havia abandonado um bebê de cinco meses com ela, uma mulher de 20 anos acabou sendo desmascarada e confessou que pretendia abandonar sua filha, no Recife.

A mulher, que trabalha como babá, ligou para a polícia afirmando que uma moça deixou a menina com ela enquanto ia ao banheiro, no terminal de ônibus do bairro da Macaxeira. Ela disse que esperou a moça por cerca de duas horas.

O caso foi inicialmente registrado na Delegacia da Várzea, e depois transferido para a Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA). O delegado Antonio Campos Francisco disse que ela entrou em contradição algumas vezes no depoimento, e que sequer conseguiu descrever a suposta mãe do bebê, o que levantou suspeitas.

Depois, ela confessou que armou a situação porque queria abandonar a criança. A justificativa dada por ela foi que o pai do bebê não quis assumir a paternidade e ela queria voltar com ele. Ela disse ainda que a ideia de deixá-lo com a polícia pareceu mais segura para ela, que estava preocupada em largar a criança em qualquer lugar.

A mulher tem outro filho, de três anos, e disse estar arrependida e interessada em manter a guarda do bebê. A mãe dela e avó da criança foi chamada à delegacia e comprometeu-se a continuar ajudando na criação do bebê. O Conselho Tutelar do Recife vai acompanhar a família a partir da próxima semana.

Como apresentou-se com um outro nome, a mulher foi autuada e vai responder por uso de identidade falsa.

    Leia tudo sobre: bebêrecifepernambuco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG