Legistas do Recife cancelam greve e autópsias voltam ao normal

Após 19 dias, liberação de corpos volta ao normal na capital de Pernambuco

Renata Baptista, iG Pernambuco |

Após 19 dias, a crise no Instituto Médico Legal (IML) do Recife parece, enfim, ter chegado ao fim. Um dia após anunciarem o retorno à operação-padrão, os médicos-legistas decidiram, em assembleia realizada na tarde desta quarta-feira, cancelar o movimento.

Com isso, a movimentação no instituto está tranquila e os corpos estão sendo liberados aos familiares logo após a necropsia.

A categoria, porém, ainda pretende negociar com o governo. Eles afirmam que a proposta apresentada pelo governo do Estado na semana passada - passar a carga horária para 30 horas semanais e aumento que varia de 14% a 31%, dependendo do salário do servidor - não contempla cerca de 30% dos médicos.

De acordo com a Associação Pernambucana dos Médicos Legistas (Apemol), o retorno da operação-padrão só aumentaria os transtornos à população.

Na segunda-feira, a sala principal do IML foi liberada ontem após dez dias de interdição do instituto pelo Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe), que decretou que o local não apresentava condições técnicas para realização dos exames.

    Leia tudo sobre: IMLPernambucoRecife

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG