De sunga, estudantes protestam contra "saunas de aula" no Recife

Alunos da Universidade Federal de Pernambuco se encontram com o reitor para pedir a instalação de ar-condicionado nas salas

Renata Baptista, iG Pernambuco |

AE
Estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em trajes de banho, conversam com o reitor: eles reclamam do calor nas salas de aula
Estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) realizaram nesta quarta um protesto para reivindicar a climatização das salas de aula, que são chamadas por eles de "saunas de aula".

Cheios de bom humor, eles usaram trajes de banho e ficaram sem camisa para conversar com o reitor da universidade, Amaro Lins. Boa parte dos estudantes vêm do departamento de engenharia.

O reitor afirmou que até o dia 4 de abril o sistema de refrigeração das salas de aula estará em funcionamento.

Grande parte das salas de aula da universidade não possui ar-condicionado. Os alunos afirmam que o calor atrapalha a concentração até mesmo dos professores.

No Recife, a temperatura média nos últimos dias tem ficado na casa dos 30°C.

    Leia tudo sobre: UFPEPernambucoRecifeprotesto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG