Crianças morrem em incêndio em favela no Recife

A mãe deixou os filhos trancados em casa e, segundo as primeiras informações, uma panela pegou fogo e consumiu o barraco

Renata Baptista, iG Pernambuco |

Três crianças morreram em um incêndio após terem sido trancadas em casa pela mãe, que saiu para recolher material reciclável na noite desta terça-feira, no Recife.

Os vizinhos ouviram as crianças pedindo socorro, mas, quando conseguiram tirá-las do barraco onde viviam, na favela "Comunidade do Papelão", perto do bairro dos Coelhos, já estavam desacordadas.

Miguel, de 4 anos, e Sara, de 6, morreram pouco após receberem os primeiros socorros no Hospital da Restauração. Já João Vítor, de 5 anos, morreu na manhã desta quinta-feira. Eles tinham queimaduras em mais de 90% do corpo.

De acordo com os bombeiros, foi encontrada uma panela com massa de cuscuz queimada, o que poderia ter provocado o incêndio. De acordo com os vizinhos, as crianças não costumavam ficar sozinhas e sempre eram levadas pela mãe para recolher material reciclável ou pedir esmola.

A mãe das crianças, Sandra Santos, de 39 anos, foi presa em flagrante no momento em que retornou para casa, na noite de terça-feira. Ela foi autuada em flagrante por abandono de incapaz e foi encaminhada à Colônia Penal Feminina do Recife.

    Leia tudo sobre: PernambucoRecifefavelaincêndio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG