Chuvas deixam Recife embaixo d'água e provocam caos na cidade

Um percurso que, em um dia normal, é feito em 30 minutos leva aproximadamente duas horas. A tendência é que continue chovendo

Renata Baptista, iG Pernambuco | 19/04/2011 15:39

Compartilhar:

A cidade do Recife, que vem sofrendo com as chuvas desde a semana passada, amanheceu nesta terça-feira debaixo d'água. Foram registrados cerca de 20 deslizamentos de barreiras na região metropolitana.

Foto: AE

Congestionamento na avenida Agamenon Magalhães, no Recife: as chuvas pararam a cidade

Durante os deslizamentos, que ocorreram no Recife, Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes, três pessoas ficaram soterradas, mas foram resgatadas pelos vizinhos e passam bem.

De acordo com o Instituto de Meteorologia de Pernambuco (Inmet), das 21h da segunda-feira até às 9h desta terça-feira foi registrada a precipitação de 92,2 mm na região metropolitana do Recife. O acumulado do mês de abril já chega a 439,9 mm. A marca já está acima do esperado para todo o mês, que é 325,7 mm. A tendência é que continue chovendo na cidade até o próximo domingo, com temperaturas oscilando entre 23º e 30º ao longo da semana.

Foto: AE Ampliar

Ponto de alagamento no cruzamento da Avenida Lins Petit com a Rua General Joaquim Inácio, no bairro da Ilha do Leite, no centro do Recife

Os alagamentos e engarrafamentos em diversos pontos da cidade deixaram a cidade caótica - às 15h desta terça, havia 45 quilômetros de congestionamento, o que é alto para a cidade, no horário. Pela manhã, chegar ao trabalho foi uma missão impossível. Alguns pais deixaram de levar os filhos para a aula. Os engarrafamentos já estavam sendo formados por volta das 6h.

A reportagem do iG levou cerca de duas horas em um percurso que, em um dia normal, é feito em 30 minutos, na zona sul da cidade.

Internet

Pela internet, vários usuários registraram a frustração com os engarrafamentos e a falta de infraestrutura da cidade.

Além de utilizarem as redes sociais para comentar os pontos mais críticos, houve também relatos de assaltos no viaduto Joana Bezerra, um dos principais acessos entre o centro do Recife e a zona sul da cidade.

A Polícia Militar confirmou que foram registradas tentativas de assaltos na região e afirmou que enviou 12 patrulheiros em motocicletas para monitorar as áreas de maior congestionamento e evitar a ação de bandidos.

Veja abaixo como os moradores do Recife estão sofrendo com o caos na cidade:

 

    Notícias Relacionadas



    Ver de novo