Atropelamento causa revolta em moradores de comunidade do Recife

Uma mulher morreu depois de ser atropelada por um ônibus. Pessoas revoltadas com o acidente agrediram o motorista

Renata Baptista. iG Pernambuco |

A morte de uma mulher após ser atropelada por um ônibus provocou a revolta de moradores de uma comunidade do Recife, que espancaram o motorista e atearam fogo ao coletivo, na noite deste domingo.

A dona de casa Sandra Lúcia Maria Vieira, de 45 anos, estava com dois filhos em uma bicicleta quando foi atingida pelo ônibus de linha, no bairro de Boa Viagem. As crianças sofreram escoriações e ela morreu na hora.

Os moradores do Conjunto Habitacional Via Mangue - onde Sandra Lúcia residia - revoltaram-se com o acidente e agrediram o motorista. Segundo eles, os motoristas costumam passar no local em altas velocidades. Durante a confusão, atearam fogo ao ônibus, que ficou destruído.

Policiais militares foram acionados e conseguiram tirar o motorista Marcos José Ramos, de 28 anos, do meio dos agressores. Após receber atendimento médico, ele foi autuado por homicídio culposo (sem intenção de matar).

De acordo com a Polícia Civil, um homem de 31 anos foi preso pelo incêndio do ônibus.

    Leia tudo sobre: atropelamentorevoltamortefogoRecife

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG