Usando uma faca peixeira, ele ameaçava uma atendente de farmácia. Ele morreu com um tiro na cabeça, disparado pela polícia

Uma atendente de farmácia ficou cerca de duas horas como refém de dois assaltantes que tentaram roubar o estabelecimento na noite desta segunda-feira, no município de Garanhuns (a 228 quilômetro de Recife), no Agreste de Pernambuco. O município é conhecido como a terra natal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Um dos assaltantes, Leonardo Bezerra da Silva, de 21 anos, ameaçava constantemente a vítima, Edvânia Claudino de Melo, de 37 anos, com uma faca peixeira. De acordo com o boletim de ocorrência feito pela polícia, ele estava bastante agressivo e aparentemente encontrava-se sob efeito de entorpecentes.

A Polícia Militar estava realizando uma ronda no bairro Heliópolis quando percebeu a movimentação estranha no local. Foram feitas tentativas de negociação, sem sucesso. O outro assaltante conseguiu fugir do local.

Em um momento de descuido, Leonardo foi atingido com um tiro na cabeça por um dos policiais e morreu. Edvânia foi levada a um hospital da cidade em estado de choque, mas passa bem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.