Assaltante morre durante roubo a farmácia em Garanhuns

Usando uma faca peixeira, ele ameaçava uma atendente de farmácia. Ele morreu com um tiro na cabeça, disparado pela polícia

Renata Baptista, iG Pernambuco | 15/03/2011 13:00

Compartilhar:

Uma atendente de farmácia ficou cerca de duas horas como refém de dois assaltantes que tentaram roubar o estabelecimento na noite desta segunda-feira, no município de Garanhuns (a 228 quilômetro de Recife), no Agreste de Pernambuco. O município é conhecido como a terra natal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Um dos assaltantes, Leonardo Bezerra da Silva, de 21 anos, ameaçava constantemente a vítima, Edvânia Claudino de Melo, de 37 anos, com uma faca peixeira. De acordo com o boletim de ocorrência feito pela polícia, ele estava bastante agressivo e aparentemente encontrava-se sob efeito de entorpecentes.

A Polícia Militar estava realizando uma ronda no bairro Heliópolis quando percebeu a movimentação estranha no local. Foram feitas tentativas de negociação, sem sucesso. O outro assaltante conseguiu fugir do local.

Em um momento de descuido, Leonardo foi atingido com um tiro na cabeça por um dos policiais e morreu. Edvânia foi levada a um hospital da cidade em estado de choque, mas passa bem.

    Notícias Relacionadas



    Ver de novo