Após acidente, Noar mantém voos suspensos no Recife

Voos da empresa estão cancelados desde quarta-feira (13), após uma das duas aeronaves da empresa cair perto da praia da Boa Viagem

AE |

selo

A empresa Noar Linhas Aéreas decidiu manter a suspensão dos voos nesta manhã e cancelou as decolagens com destino às cidades de Mossoró (RN) e Maceió (AL). A companhia aérea espera retomar as operações no período da tarde. Os voos da empresa estão cancelados desde quarta-feira, após uma das duas aeronaves da Noar cair perto da praia de Boa Viagem , no Recife. Dezesseis pessoas morreram na tragédia - 14 passageiros e 2 tripulantes. 

O acidente com o bimotor da Noar ocorreu por volta das 7h. O voo 4896, que faria a rota Recife-Natal-Mossoró, caiu pouco mais de três minutos após decolar. Há indícios de que ocorreu uma falha técnica.

Até esta manhã, sete corpos das vítimas da queda do avião foram identificados pelo Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife. A perícia preliminar aponta que a causa da maioria das mortes foi politraumatismo, por causa do impacto da queda. A liberação de todos os corpos deve ser feita em, no máximo, dez dias.

Caixas-pretas estão queimadas

O presidente da comissão que investiga a queda do L410 da Noar Linhas Aéreas, coronel Fernando Silva Alves de Camargo, disse nesta quinta-feira em entrevista à Rádio Força Aérea FM que as caixas-pretas da aeronave estão queimadas e serão encaminhadas ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aernáuticos (Cenipa). Segundo ele, será feito um primeiro exame para verificar as condições de leitura dos equipamentos.

De acordo com o coronel, a coleta de materiais na área do acidente está encerrada . Foram recolhidos dois motores, o conjunto de hélices, o painel de alarmes, as caixas-pretas e alguns componentes pequenos, a exemplo e interruptores e alavancas que deverão ser analisados depois de passar por uma triagem.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG