Anac mantém suspensão das operações da Noar Linhas Aéreas

Avião da empresa caiu no Recife em julho matando todos os 16 ocupantes. Anac encontrou irregularidades

iG São Paulo |

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou nesta sexta-feira que as operações da empresa Noar Linhas Aéreas S.A seguirão suspensas após a realização de uma auditoria para verificar se a companhia está de acordo com os regulamentos vigentes no País. Os voos da companhia estavam oficialmente paralisados desde o início da fiscalização , que começou em 17 de julho, três dias após um acidente aéreo no Recife em que morreram 16 pessoas .

De acordo com a Anac, foram identificados indícios de irregularidades nas áreas de operações e de manutenção da companhia, envolvendo descumprimento de requisitos e procedimentos relativos aos registros de manutenção, às anotações técnicas no diário de bordo e aos limites de horas mensal e trimestral dos tripulantes previstos na Lei do Aeronauta.

A empresa começou a ser investigada após o bimotor da Noar cair ao decolar, no início da manhã de 13 de julho, no bairro de Boa Viagem, zona sul do Recife. A aeronave deveria cumprir o voo 4896 pela rota Recife-Natal-Mossoró.

Segundo a Anac, os resultados da auditoria foram comunicados à Noar e anexados ao processo que se encontra em curso, e a companhia recebeu prazo de 30 dias para exercer o direito de esclarecimentos e justificativas.

    Leia tudo sobre: anacnoaracidente aéreorecife

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG